Entendendo o atraso no envio de e-mail no Sparkpost

O Sparkpost trabalha com um moderno sistema de entrega de e-mails. Neste sistema a cada e-mail enviado para um ISP é analisado a resposta do servidor e esta reposta pode ter 3 variações

O Sparkpost trabalha com um moderno sistema de entrega de e-mails. Neste sistema a cada e-mail enviado para um ISP é analisado a resposta do servidor e esta reposta pode ter 3 variações:

  • Uma afirmativa que o e-mail foi entregue
  • Um alerta que o ISP não receberá e-mails de um determinado IP (delay)
  • Uma negativa acusando um erro (bounce)

O status final de uma mensagem enviada pelo sparkpost será enviado (delivered) ou negada (bounce), mas em alguns casos uma mensagem poderá ser marcada como postergada (delayed) e o sparkpost tentará mais algumas vezes a entrega desta mensagem até por fim marcá-la como entregue ou negada.

Os IP’s rotativos do Sparkpost ajudam na dispersão dos Delays, mas não evitam que estes ocorram. Veja um exemplo de como o Sparkpost distribui o envio das mensagens através de diversos IP’s:

Entendendo o atraso no envio de e-mail no Sparkpost

Entendendo o Delay do Sparkpost

Quando um envio retorna um erro que não é um Hard Bounce, o Sparkpost gera um evento de delay que inclui a hora do envio e a quantidade de tentativas. O algoritmo interno do Sparkpost tentará enviar esta mensagem um determinado número de vezes em um período de até 48 horas. O processamento destas mensagens é automático e poderão ocorrer mais de 6 tentativas num período de 24 horas. Este processo não pode ser interrompido ou alterado pelo usuário. Veja um exemplo de mensagens de Delay no Sparkpost:

Entendendo o atraso no envio de e-mail no Sparkpost

Se o limite de tentativas de envio for alcançado (o Sparkpost não informa este limite) e mesmo assim o servidor de destino continuar a recusar a mensagem o algoritmo marcará a mensagem como negada (bounce)  e justificará a negação com um timeout.

A mensagem será então marcada com um código de erro que determinará o tipo do bounce e também permitirá uma analise aprofundada sobre o que pode estar acontecendo com este determinado ISP.

assine newsletter

Receba Conteúdo exclusivo

Newsletter Exclusiva sobre Mautic, n8n, Entregabilidade e Ferramentas de NoCode / LowCode para Marketing.

Importante: Estes bounces não são classificados como hard bounces e não influenciam o restante das suas entregas de -mail.

Veja a tabela de respostas do Sparkpost:

ClassificationNameDescriptionCategory
1IndeterminadoSem resposta
10Invalid RecipientE-mail inválidoHard
20Soft BounceSoft BounceSoft
21DNS FailureBounce por falha de DNSSoft
22Mailbox FullA caixa de entrada está cheiaSoft
23Too LargeA mensagem é muito grandeSoft
24TimeoutDemora para respostaSoft
25Admin FailureMensagem negada pela política do SparkpostAdmin
30Generic Bounce: No RCPTBounce genérico sem retornoHard
40Generic BounceBounce genéricoSoft
50Mail BlockA mensagem foi bloqueada pelo servidorBlock
51Spam BlockA mensagem foi bloqueada por ser considerada spamBlock
52Spam ContentA mensagem foi marcada como spam pelo destinatárioBlock
53Prohibited AttachmentA mensagem possui anexos suspeitosBlock
54Relaying DeniedA mensagem foi bloqueada por ser enviada via relayBlock
60Auto-ReplyNegação com mensagem de resposta automáticaSoft
70Transient FailureFalha na TransmissãoSoft
80SubscribeMensagem de inscriçãoAdmin
90UnsubscribeMensagem de cancelamento de inscriçãoHard
100Challenge-ResponseMensagem de desafioSoft

 

Considerações sobre Bounces no Sparkpost

Quando o Sparkpost recebe uma resposta de bounce do ISP o algoritmo cria um evento e determina a classificação do Bounce baseado na tabela acima. Somente Hard Bounces são incluídos na lista de exclusão e o Sparkpost não irá enviar novas mensagens para estes e-mails.

Um grande abraço e até a próxima!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.