Aqui estão algumas dicas anunciadas pelo próprio Google para o SEO em 2018. Não perca tempo e veja quais serão as tendências do próximo ano.

Conheça algumas dicas preciosas para o SEO em 2018

Conheça algumas dicas preciosas para o SEO em 2018
5 (100%) 3 votes

Sabemos que a Automação de Marketing envolve vários fatores. Um deles – quiçá o mais importante – é o SEO. A indexação nas primeiras páginas dos buscadores da internet se tornaram, com o passar dos anos, a maior referência nas pesquisas dos possíveis consumidores. E o SEO em 2018 será um dos principais fatores para a descoberta da sua empresa e dos seus produtos e serviços.

Mas como saber se o seu site/blog estará dentro das regrinhas padrões do SEO em 2018? O Google, maior buscador da atualidade, lança anualmente alguns tópicos que serão melhorados dentro do seu próprio serviço. A fim de refinar as pesquisas e indexar as melhores páginas nas primeiras posições, estão pensando cada vez mais como o usuário.

Em contrapartida, o site/blog que não se adequa a essas recomendações, corre o sério risco de despencar de posição no buscador. Hoje sabemos o quão importante é permanecer nas primeiras posições. Por isso, essa publicação não é uma “previsão” do SEO para 2018. Ao invés disso, você irá conhecer algumas estratégias aprovadas e utilizadas – até mesmo pela Powertic, e que funcionam atualmente.

Então, se você está querendo melhorar seu jogo com o SEO em 2018, você vai amar essas dicas.

rankbrain seo en 2018

RankBrain e sinais de experiência do usuário

O RankBrain é uma máquina com um sistema de aprendizado que ajuda o Google a ordenar os seus resultados. Isso pode soar complicado, mas não é. Ele simplesmente mede como os usuários interagem com os resultados da pesquisa e os ranqueia de acordo.

Basicamente, o RankBrain avalia duas situações: a taxa de cliques e o tempo de permanência na página. Tudo isso para “medir” a qualidade do conteúdo e oferecer ao usuário aquilo que realmente ele quer ler.

varinha mágica seo em 2018

Torne-se um mago da CTR

Um estudo descobriu que a CTR (sigla em inglês para Taxa de Cliques) orgânica caiu 37% desde 2015. Não é segredo o por quê: o Google está excluindo os resultados de pesquisa orgânica com caixas de respostas, anúncios, carrosséis, seções “pessoas também pedem” e muito mais. E para se destacar, seu resultado precisa gritar “clique em mim!” … ou então será ignorado.

conteúdo de qualidade seo em 2018

O conteúdo em profundidade ganha

O Google de hoje é muito mais esperto do que costumava ser. Então, em vez de apenas medir o conteúdo, agora ele se concentra no contexto. Ou seja, ao invés de medir apenas quantas vezes a mesma palavra-chave aparece na página, o Google mede as páginas que cobrem um tópico inteiro com profundidade.

Com um conteúdo aprofundado, um pesquisador do Google obtém tudo o que ele precisa em um só lugar. De fato, um estudo recente de fatores de classificação descobriu que o conteúdo em profundidade tende a ser o melhor no Google.

seo em 2018 para dispositivos módeis

Prepare-se para o índice móvel do Google

O Google considerará a versão móvel do seu site como a versão “oficial”. E este será o caso mesmo se alguém pesquisar a partir de um computador. Esse movimento faz sentido. Hoje, 60% das buscas do Google são de um dispositivo móvel. E isso só tende a crescer no futuro.

Existem 3 passos simples para se preparar: mantenha o seu conteúdo consistente na versão desktop e na versão móvel, seu site deve ser totalmente responsivo e, principalmente, deve ser de simples e compatíveis com o acesso do usuário. Se as pessoas tiverem dificuldade em usar o seu site com o telefone, eles irão bater o dedo no botão “voltar” sem pensar duas vezes. Isso seria péssimo para a avaliação do RankBrain.

Veja essas e outras dicas com maiores detalhes no Guia Definitivo para SEO em 2018, do BackLinkO (site em inglês). E lembre-se, o SEO são constantes estratégias que auxiliam o usuário a encontrar cada vez mais conteúdos de qualidade. Se você quer estar entre os primeiros, precisa estar atento com as novidades que irão surgir.

Artigos relacionados